quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Teratógenos químicos

Apesar do conhecimento da teratogenicidade de diversas substâncias químicas em animais e até a associação destas com defeitos congênitos em humanos, são relativamente poucas as situações em que o efeito teratogênico foi devidamente comprovado na nossa espécie. A seguir estão listados os principais teratógenos químicos em humanos.

Ácido Valpróico (Defeitos de tubo neural). Álcool RCIU, ( retardo mental, microcefalia, ipoplasia maxilar, fissuras palpebrais pequenas, anomalias cardíacas )Anticoagulantes (warfarin dicumarínicos) (Hipoplasia nasal, malformações do sistema nervoso central, anormalidades esqueléticas, alterações oculares ). Antineoplásicos (Malformações múltiplas) Antitireoidianos (Bócio fetal, hipotireoidismo). Fenitoína (Retardo mental, microcefalia, face dismórfica, hipoplasia da falanges distais, incluindo unhas ). Hormônios Androgênios: (Masculinização de fetos femininos.). Dietilbestrol: (mortes fetais, anormalidades uterinas e cervicais (tumores). Lítio (Anomalia cardíaca valvar (Anomalia de Ebstein). Talidomida (Defeitos nos membros (focomelia), anomalias cardíacas e nas orelhas). Tetraciclina ( Hipoplasia e escurecimento do esmalte dentário.) Vitamina A (ácido retinóico) ( Anomalias de sistema nervoso central, coração e orelhas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário